MENU

domingo, 28 de agosto de 2011

Morre o arcebispo de Campinas, dom Bruno Gamberini

Morreu na tarde deste domingo, no Hospital Bandeirantes, em São Paulo, o arcebispo de Campinas (SP), dom Bruno Gamberini, 61, em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Dom Bruno estava em tratamento desde junho no Hospital e Maternidade Celso Pierro da PUC-Campinas, tendo sido transferido para São Paulo na madrugada da última sexta-feira, 26. Um boletim médico divulgado às 13h30m de hoje informava que o quadro clínico do arcebispo era “gravíssimo” e que, por causa do agravamento da função renal, foi necessário iniciar hemodiálise. Às 15h veio o comunicado de sua morte.
Segundo nota divulgada pela arquidiocese, o corpo do arcebispo será velado na Catedral Metropolitana de Campinas. A missa de exéquias será na terça-feira, 30, às 10h, seguida do sepultamento do corpo na cripta da catedral.
Ainda de acordo com a nota, todas as igrejas da arquidiocese deverão rezar missas nos próximos sete dias em memória ao arcebispo.
Biografia
Nascido na cidade de Matão (SP), em 16 de julho de 1950, dom Bruno foi ordenado padre em 1974. Em 1995 foi ordenado bispo para a diocese de Bragança Paulista (SP). Nove anos depois, em 2004, é nomeado arcebispo de Campinas.
No Regional Sul 1 da CNBB (estado de São Paulo), dom Bruno foi bispo assessor da Pastoral da Criança (1996); bispo presidente do Sub-Regional Campinas (1999-2003); membro do Conselho Pastoral (1999-2003); membro do Conselho Econômico (2003); bispo referencial da Pastoral da Criança (1998-2009); bispo referencial dos Pueri Cantores (2005-2009); membro da Comissão da Basílica e Santuário Nacional de Aparecida (2007-2009).
Seu lema episcopal era “Bendito o nome do Senhor”.

Um comentário: