MENU

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Papa Francisco, na presença de Bento XVI, inaugurou imagem de São Miguel Arcanjo nos Jardins Vaticanos


Após a Missa celebrada na manhã desta sexta-feira na Casa Santa Marta, o Papa Francisco inaugurou nos Jardins Vaticanos, uma estátua de São Miguel Arcanjo, protetor da Igreja e padroeiro do Estado Cidade do Vaticano.
Pouco antes da cerimônia, o Papa Emérito Bento XVI chegou ao local, a convite do Papa Francisco, sendo acolhido por todos com grande afeto. Ao chegar, pouco depois, Papa Francisco abraçou-o calorosamente e os dois ficaram juntos durante toda a cerimônia, nas duas cadeiras colocadas lado a lado, diante da imagem.
Após uma breve saudação do Cardeal Giuseppe Bertello, Presidente do Governatorato, discursou o Cardeal Giovanni Lajolo, Presidente Emérito do Governatorato. Em seguida, Papa Francisco fez um pronunciamento.
No seu discurso, o Papa destacou que alí existem inúmeras obras de arte, mas que esta “assume uma posição de particular importância, quer pela localização, quer pelo significado que exprime”. A imagem, diz o Papa, “é um convite à reflexão e à oração, que se insere muito bem no Ano da Fé”.
“Miguel – explicou Francisco – que significa ‘Quem é como Deus?’ - é o campeão do primado de Deus, de sua transcendência e poder. Miguel luta para restabelecer a justiça divina; defende o povo de Deus de seus inimigos e, sobretudo, do inimigo por excelência, o diabo. E São Miguel vence porque é Deus que age nele”.
Após, Francisco destacou que a escultura recorda que “o mal é vencido, o acusador é desmascarado e a sua cabeça esmagada, porque a salvação foi realizada de uma vez por todas no sangue de Cristo. Embora o diabo sempre tente arranhar o rosto do Arcanjo e o rosto do homem, Deus é mais forte; é sua a vitória e sua salvação é oferecida a todos os homens”.
O Papa Francisco recordou que no caminho e nas provações da vida “não estamos sozinhos, mas somos acompanhados e amparados pelos Anjos de Deus, que oferecem as suas asas para nos ajudar a superar tantos perigos, para sermos capazes de voar alto em relação às realidades que possam tornar pesada a nossa vida e nos arrastar para baixo”.
Após seu discurso, Papa Francisco colocou a estola e recitou duas orações de consagração, a primeira a São José e a segunda a São Miguel Arcanjo. Sucessivamente, aspergiu a imagem e abençoou os presentes.
A imagem está numa área dos Jardins Vaticanos, próxima ao prédio do Governatorato. O autor é o artista Giuseppe Antonio Lomuscio, da cidade de Trani, vencedor do Concurso Internacional organizado pelo Governatorato do Estado Vaticano, segundo o julgamento oficial de uma comissão de especialistas, presidida pelo Diretor dos Museus Vaticanos Prof. Paolo Paolucci.
A escultura de 5 metros de altura foi realizada em bronze e está apoiada sobre uma base de mármore travertino, também projetada pelo artista, e caracterizada pela presença de dois baixo-relevos em bronze. Na base, foram colocados os brasões de Bento XVI e do Papa Francisco. (JE)

Texto proveniente da página do site da
Rádio Vaticano

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Saudação da CNBB ao novo bispo de Jardim - MS

O secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, enviou mensagem de saudação ao Monsenhor João Gilberto de Moura, nomeado na manhã desta quarta-feira, 3 de julho, pelo Papa Francisco como novo bispo da diocese de Jardim (MS).
 
Leia a mensagem:
 
Saudação ao novo bispo de Jardim
 
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil foi comunicada pela Nunciatura Apostólica, na manhã desta quarta-feira, 3 de julho, a respeito da nomeação feita pelo Papa Francisco do Monsenhor João Gilberto de Moura como novo bispo da diocese de Jardim (MS).
O novo bispo ainda vai completar 50 anos de idade e é membro do clero de Ituiutaba (MG). Tem-se dedicado à formação dos novos sacerdotes e servido à pastoral como pároco em diversas paróquias. Já foi animador da Pastoral Vocacional e coordenador da Pastoral da Criança. Juiz da Câmara de instrução processual, Chanceler do Bispado e já exerceu a função de administrador diocesano por ocasião da vacância de sua diocese, em 2007.
Acolhemos esse nosso Irmão com as palavras do Beato João Paulo II na Carta que escreveu aos bispos da CNBB por ocasião da conclusão de uma Visita ad Limina, em 1986 “este povo confiado por Deus ao pastoreio dos Senhores é habitado por uma autêntica fome e sede de Deus, da Sua palavra, dos seus mistérios sacramentais, das verdades essenciais da fé, realidades que ele exprime, a seu modo, em sua piedade popular; nem faltam ao seu espírito visceralmente cristão e católico um profundo sentido do mistério da Cruz, uma grande devoção à Eucaristia, um grande amor filial à Mãe de Jesus, um sentimento de reverência para com o Sucessor de Pedro, qualquer que seja a sua pessoa e o seu nome”.
A nossa fraterna saudação a Monsenhor João Gilberto com nossas orações e os votos de que seu ministério seja de frutos abundantes. Unimo-nos ao povo da diocese de Jardim para acolher seu novo bispo na alegria.
 
Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

quarta-feira, 3 de julho de 2013

MOMENTOS DEPOIS DA NOTÍCIA DA NOMEAÇÃO DO MONSENHOR JOÃO GILBERTO COMO BISPO DA DIOCESE DE JARDIM-MS








Papa Francisco nomeia novo bispo de Jardim (MS)

Monsenhor João Gilberto de Moura, atualmente Vigário Geral e Pároco da Catedral de Ituiutaba (MG), foi nomeado pelo Papa Francisco como novo bispo da Diocese de Jardim (MS) na manhã desta quarta-feira, 3 de julho.

Eis os dados biográficos do novo bispo:
Filiação: João Marques de Moura (in memorian) e Maria Marlene de Moura
Nascido em: 21/11/1963

FORMAÇÃO 
Filosofia, Seminário “Maria Imaculada” Araxá (MG)
Teologia, CEARP / Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto (SP); Seminário Maria Imaculada, Brodowski (SP); Faculdade Nossa Senhora Assunção de São Paulo (SP).

Ministérios Pastorais NA DIOCESE DE ITUIUTABA (MG) 
Vigário Paroquial da Catedral de São José (1996) e Reitor do Seminário Santo Cura’D Ars (1996), Coordenador Diocesano da Pastoral Vocacional (1996-1997), Assistente Eclesiástico do movimento serra(1996-1999); Pároco da Paróquia Cristo Rei em Centralina (1997-2002), Coordenador Diocesano da Pastoral da Criança (1999-2002), Pároco da São Francisco de Assis em Ituiutaba (2002-2008), Representante dos Presbíteros (1997-2003),Juiz da Câmara de instrução processual de Ituiutaba (2000-2013) Chanceler do Bispado(2002-2006), Coordenador Regional da Pastoral da Criança setor Ituiutaba (2004-2006), Vigário Geral da Diocese (2006-2007) e Administrador Diocesano “sede vacante” de Ituiutaba (2007), Pároco da Paróquia São José – Sé Catedral (2008-2013), Vigário geral da Diocese (2008-2013).

Clique AQUI e confira.